O Que Há De Errado Comigo / Rap 104


E o que há de errado comigo? Não posso fingir que não ligo
Não precisa dizer que não me quer por perto Que não sou bem-vindo E o que há de errado comigo? Não posso viver escondido
Não precisa dizer Que o meu amor não é assim tão lindo Tentamos alcançar a alma com o nosso olhar
Mas alma só de olho fechado Assim consegue claramente enxergar
O que marca é sempre sobre a pele Artificiais como relacionamentos em html
Somos calor humano, o ar que respiramos Não somos o que dizem
Nem mesmo nos achamos Somos o que somos e não existe muita explicação
Tão diferentes, mas em todos tem um coração Mas muita coisa nos afasta
O que foi pregado O amor não é pra todos? O que saiu errado? Será que deus não ama gays
Ou esse preconceito é podridão Que existe no coração de vocês? Não tem coragem nem sequer de olhar nos olhos
Não tem coragem nem mesmo de apertar a mão Mantém distância pra que ninguém veja
Pra que não você não possa sujar essa sua reputação E O que há de errado comigo? Não posso fingir que não ligo
Não precisa dizer que não me quer por perto Que não sou bem-vindo E o que há de errado comigo? Não posso viver escondido
Não precisa dizer Que o meu amor não é assim tão lindo O seu olhar me diz Enquanto não houver respeito
Amor é hipocrisia É pura falação
Engana, é covardia E a gente finge que não vê o holocausto
Que vai matando gente inocente todo dia “ah, não! mas seu filho não pode ter amigo assim” Enclausurado, falsa perfeição, de ser mundin Vivendo a vida observando da janela
O drama é mais complexo Do que eles passam na novela
Minha vida social já é um inferno Já não basta ser o único discurso
Daquele cara de terno Deus, será que tem amor sobrando? Ou vamos negociar nossa paixão
Enquanto a vida tá passando? O que numa entrevista não se encaixou no
perfil O que numa família foi fator que dividiu
O que já teve amigo, mas o amigo já sumiu O que já teve um sonho, mas a esperança
partiu O que ficou? De canto ainda tão rindo
Mas poucos se aproximam e perguntam “mano, o que cê tá sentindo?” Desabafar com quem? Solitários
Suporto desaforo desses manos Que quero chamar de otários
Pois o mundo consegue observar atos carnais Mas quando olhar pra dentro vai ver que somos
iguais Que o amor que pregamos seja ação
Independentes da situação Dele é que o mundo precisa mais E o que há de errado comigo? Não posso fingir que não ligo
Não precisa dizer que não me quer por perto Que não sou bem-vindo E o que há de errado comigo? Não posso viver escondido
Não precisa dizer Que o meu amor não é assim tão lindo E o que há de errado comigo? Não posso fingir que não ligo
Não precisa dizer que não me quer por perto Que não sou bem-vindo E o que há de errado comigo? Não posso viver escondido
Não precisa dizer Que o meu amor não é assim tão lindo o que o seu olhar me diz?

Posts created 2948

57 thoughts on “O Que Há De Errado Comigo / Rap 104

  1. E o que há de errado comigo?
    Não posso fingir que não ligo
    Não precisa dizer que não me quer por perto
    Que não sou bem-vindo

    E o que há de errado comigo?
    Não posso viver escondido
    Não precisa dizer
    Que o meu amor não é assim tão lindo

    Tentamos alcançar a alma com o nosso olhar
    Mas alma só de olho fechado
    Assim consegue claramente enxergar
    O que marca é sempre sobre a pele
    Artificiais como relacionamentos em html
    Somos calor humano, o ar que respiramos
    Não somos o que dizem
    Nem mesmo nos achamos
    Somos o que somos e não existe muita explicação
    Tão diferentes, mas em todos têm um coração
    Mas muita coisa nos afasta
    O que foi pregado?
    O amor não é pra todos?
    O que saiu errado?
    Será que Deus não ama gays?
    Ou esse preconceito é podridão
    Que existe no coração de vocês?
    Não tem coragem nem sequer de olhar nos olhos
    Não tem coragem nem mesmo de apertar a mão
    Mantêm distância pra que ninguém veja
    Pra que não você não possa sujar essa sua reputação

    E o que há de errado comigo?
    Não posso fingir que não ligo
    Não precisa dizer que não me quer por perto
    Que não sou bem-vindo

    E o que há de errado comigo?
    Não posso viver escondido
    Não precisa dizer
    Que o meu amor não é assim tão lindo

    O seu olhar me diz

    Enquanto não houver respeito
    Amor é hipocrisia
    É pura falação
    Engano, é covardia
    E a gente finge que não vê o holocausto
    Que vai matando gente inocente todo dia
    Ah, não! Mas seu filho não pode ter amigo assim
    Enclausurado, falsa perfeição, de seu mundin
    Vivendo a vida observando da janela
    O drama é mais complexo
    Do que o que eles passam na novela
    Minha vida social já é um inferno
    Já não bastasse é o único discurso
    Daquele cara de terno
    Deus, será que tem amor sobrando?
    Ou vamos negociar nossa paixão
    Enquanto a vida tá passando?
    O que numa entrevista não se encaixou no perfil
    O que numa família foi fator que dividiu
    O que já teve amigo, mas o amigo já sumiu
    O que já teve um sonho, mas a esperança partiu
    E o que ficou?
    De canto ainda tão rindo
    Mas poucos se aproximam e perguntam:
    Mano, o que cê tá sentindo?
    Desabafar com quem?
    Solitários
    Suporto desaforo desses manos
    Que quero chamar de otários
    Pois o mundo consegue observar atos carnais
    Mas quando olhar pra dentro vai ver que somos iguais
    Que o amor que pregamos seja ação
    Independente da situação
    Dele é que o mundo precisa mais

    E que há de errado comigo?
    Não posso fingir que não ligo
    Não precisa dizer que não me quer por perto
    Que não sou bem-vindo

    E o que há de errado comigo?
    Não posso viver escondido
    Não precisa dizer
    Que o meu amor não é assim tão lindo

    E o que há de errado comigo?
    Não posso fingir que não ligo
    Não precisa dizer que não me quer por perto
    Que não sou bem-vindo

    E o que há de errado comigo?
    Não posso viver escondido
    Não precisa dizer
    Que o meu amor não é assim tão lindo

    Porque o seu olhar me diz

    Essa música não é em favor da homossexualidade
    Essa música é em favor do amor
    Do respeito que já não se encontra mais
    E da humanidade que se perdeu
    Porque te ensinaram que quem é diferente é pior
    E hoje você tem um ódio que nem sabe de onde vem
    Hoje você se afasta cheio de boas explicações
    Mas nenhuma delas justifica
    Antes de tacar uma pedra, me diz
    Quem não tem pecado?
    O que te faz pensar que é mais merecedor
    De amor do que alguém?
    Sem amor, seus conceitos não valem de nada
    Tá na hora de consertar os erros
    Que fizemos na história

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top